jornaldaobra

http://www.jornaldaobra.com.br/2008/index.html
O Senhor quer ver o Seu povo propagando a Sua Obra
O mundo jaz no maligno e muitos têm buscado uma alegria passageira.
E nós, que fomos chamados para fazer parte desta Obra, temos um compromisso com o Senhor. Nós estamos incluídos nesta Obra por privilégio concedido por Deus. Antes não entendíamos, mas Deus nos fez enxergar o pleno conhecimento da Sua vontade.
O Senhor já tinha falado desta Obra nos tempos dos profetas, depois ratificou nos dias dos apóstolos. E o Senhor, como vela pela Sua Palavra para a cumprir, trouxe o cumprimento da Sua Palavra para os nossos dias. O Senhor testificou através de sinais e de profecias. Houve até aqueles que viram, mas não deram ouvidos àquilo que o Senhor dizia. E hoje, em pleno século XXI, há os que zombam dos servos de Deus, da Obra do Senhor. Estão com comichões nos ouvidos, não querem escutar as verdades bíblicas, fazendo prevalecer o seu eu. Continuam a professar as doutrinas de homens que aprenderam e pensam estar agradando a Deus, agindo em conformidade com o mundo.
Não há humildade da parte do homem para aceitar os feitos do Senhor, as Palavras desse Deus glorioso.
Mas sabemos que aquilo que é impossível para nós não o é para o Senhor. Fazer uma pessoa entender a Palavra, retroceder nas idéias, aos tempos antigos é fácil para Deus. Deve haver, é claro, um componente humano na mudança desse quadro. Quem abre essa porta para o Senhor é o homem. E o Senhor Jesus é paciente. Ele espera.
Amados irmãos, nós estamos passando por momentos difíceis, angustiosos.
Dá tristeza só em olhar o que se reflete nos nossos dias: homens e mulheres não dando lugar ao Espírito do Senhor, homens e mulheres que buscam uma alegria carnal, que não é a do Espírito Santo. A presença do Espírito Santo na vida do cristão deve brilhar, transparecer no meio da terra.
Buscai o Reino de Deus, as coisas do alto. Podemos notar que o Senhor fala de diversas formas em diferentes passagens. Ajuntai tesouros no céu.
O Senhor quer ver o Seu povo propagando a Sua Obra, mostrando-a não só em palavras, mas também no nosso corpo.
Precisamos estar voltados para o Senhor para que Ele possa operar em nossas vidas, a fim de que todos aqueles que buscam ao Senhor e fazem a Sua Obra cheguem ao pleno conhecimento da Sua vontade. O Senhor tem pressa nisto.

Anúncios

Encontro Regional das Igrejas Na Obra da Restauração em Minas Gerais.

Acontecerá nos dias 24 e 25 de janeiro de 2009, na Igreja em Nova Cintra, situada à rua Santa Cecilia , 738, Belo Horizonte o encontro regional das Igrejas na Obra da Restauração de Minas Gerais. Nesse encontro, as igrejas traçaram seus planos para 2009 e apresentaram suas composição de departamentos para o mesmo ano.vem2

A recente REJUVENECER. Restuaração da Juventude Vencedora em Cristo Eterno Rei, será oficializada apresentando sua Diretoria Executiva e Conslho deliberativo, o presidente, Clézio de Souza Cesário, prepara o encontro e espera contar com delegações de todo o Estado bem como com participação dos irmãos do Rio de Janeiro , Espirito Santo e Saõ Paulo que ja confirmaram presença. vem3

BEM VINDOS AO BLOG DA RESTAURAÇÂO

vem1

Programação da Mocidade das Igrejas Na Obra da

Restauração Estadual de Minas Gerais 2009.

Não sabes, não ouviste que o eterno Deus, o SENHOR, o Criador dos fins da terra, nem se cansa nem se fatiga? É inescrutável o seu entendimento. Dá força ao cansado, e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor. Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os moços certamente cairão; Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão”. Is. 40:28-31.

Dias 23 a 25 de Janeiro:

Ø Oficialização da Diretoria Regional das Mocidades das Igrejas Na Obra da Restauração em Minas Gerais.

ü Apresentação do Conselho Deliberativo

ü Apresentação da Diretoria Regional;

ü Apresentação da Diretoria Executiva;

ü Apresentação do Cronograma de trabalho 2009;

ü Aprovação do Cronograma de trabalho 2009;

ü Apresentação do planejamento de previsão orçamentária;

ü Palestras;

ü Passeio;

ü Evangelismo;

ü Culto em Ação de Graças Preletor: Pr Erico Pontará.

Dias 1 a 3 de Maio

Ø Encontro Regional da Mocidade das igrejas na obra da Restauração em Minas Gerais.

Dias 5 a 7 de Setembro

Ø Encontro Regional da Mocidade das igrejas na obra da Restauração em Minas Gerais.

Mês de Novembro:

Ø Encontro Nacional das mocidades das Igrejas na Obra da Restauração em São Paulo.

Igrejas em Minas Gerais

Para a Oficialização da Diretoria Regional das Mocidades das Igrejas Na Obra da Restauração em Minas Gerais, estaremos apresentando, cada mocidade, a música escolhida para ser gravada no Cd, da mocidade em Minas Gerais.

Cada Mocidade deverá trazer a musica escolhida gravada em em fita cassete somente em violão e voz, para ser enviada ao studio onde o arranjador fará os arranjos.

Estaremos discutindo e aprovando planejamento para realização do Congresso Nacional das Mocidades das Igrejas Na Obra da Restauração, em fevereiro de 2010 aqui em Belo Horizonte.

Todo o presidente de mocidades de igreja em Minas Geria são, automaticamente, membro do Conselho Deliberativo que tem como função:

· Representar a Mocidade de sua igreja junto a estadual;

· Prestar conta de sua administração;

· Fiscalizar a prestação de conta da estadual;

· Apresentar sugestões de sua mocidade a estadual;

· Apresentar nomes, endereços e data de aniversário dos membros de sua igreja para a Estadual, bem atualiza-los;

· Comparecer nas reuniões trimestrais da diretoria;

· Enviar noticia do campo para a estadual;

· Apoiar a diretoria estadual;

· Apresentar seu plano trabalho e cronograma de eventos com antecedência a diretoria respeitando o cronograma estadual.

A Diretoria Executiva será eleita e empossada pelo Presidente no dia da oficialização da Diretoria Estadual. E cabe a mesma executar junto com o presidente o planejamento aprovado.

Constituição do Conselho Deliberativo da Mocidade das igrejas Na Obra da Restauração em Minas Gerais:

Presidente da Mocidade da Igreja em Abaeté;

Presidente da Mocidade da Igreja em Governador Valadares;

Presidente da Mocidade da Igreja em Eugenópolis;

Presidente da Mocidade da Igreja em Ipatinga;

Presidente da Mocidade da Igreja em Muriaé;

Presidente da Mocidade da Igreja em Nova Cintra;

Presidente da Mocidade da Igreja em Vau das Flores;

Presidente da Mocidade da Igreja em São Felix de Minas;

Presidente da Mocidade da Igreja em Machacalis.

Obs.: as igrejas que não constarem aqui, podem ser incluídas, bem como as congregações das igrejas. Essa relação foi tirada do boletim de prestação de contas da AGIORB, em 2007 e pode estar defasada.

Diretoria Executiva

Presidência:

Presidente: Clézio de Souza Cesário

Vice Presidente:

1º Secretario (a):

2º Secretário:

Diretoria Financeira:

Diretor Financeiro

1º Tesoureiro:

2º Tesoureiro:

Diretoria de Comunicação:

Diretor de Comunicação:

Diretor de Informações:

Correspondentes nas Igrejas:

Diretoria de Eventos:

Diretor de eventos:

Vice Diretor de eventos:

Diretor de Montagens:

Diretor de Som:

Diretor de Divulgação e mídia:

Diretoria de Missões Evangelísticas:

Diretor de Missões Evangelisticas;

Vice Diretor de Missões Evangelisticas

Diretor de intercessão:

REFÉNS DA COBIÇA

Em meio a tantos sinais que anunciam a vinda do Senhor Jesus, encontramos pessoas que ainda correm atrás daquilo que não é pão para o espírito. Quando na verdade estas pessoas deveriam levantar a cabeça aos céus, e dar glórias ao Senhor porque a redenção de suas almas se aproxima.

O momento é de obediência, de lavar as nossas vestes, de não deixar faltar o óleo sobre nossa cabeça, porque o Senhor Jesus esta às portas e bate.

Conquistar bênçãos financeiras não deveria ser a principal razão de vida, do crente, porque o Senhor diz:

“Porque Ele tem dito: De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei.” Hebreus 13.5.

Ao ler o livro de Deuteronômio, encontraremos o seguinte título, Bênçãos decorrentes da obediência”.

Capítulo 7 antes do versículo 12. conforme este título podemos deduzir que para ser prospero precisamos, apenas, nos mantermos em obediência à Palavra de Deus, que diz:

“Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisa vos serão acrescentadas”. Mateus 6.33.

O reino de Deus é espiritual como afirmam as escrituras: “Porque o Reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo.”. Romanos 14.17.

O que dizer então? Quando estamos buscando saciar a nossa vontade material, deveríamos na verdade buscar conquistar o reino de Deus que está em nós: “Porque o reino de Deus esta dentro de vós.”. Lucas 17.21.

Amar a Deus, acima de nossas forças, e ao nosso próximo deveriam exceder aos nossos sacrifícios e holocaustos, feitos no altar:

pois esta escrito: “ Pois misericórdia quero, e não sacrifício: e conhecimento de Deus mais do que holocaustos.”.Oséias 6.6.

Buscar a benção em vez do abençoador não é uma atitude inteligente de nossa parte. Esta atitude certamente desagrada ao Senhor. Por que no livro de provérbios. Em alguns versículos a busca por riquezas é vista com muitas advertências:

“Não te fadigues para seres rico: não apliques nisso a tua inteligência. Porventura fitarás os teus olhos naquilo que não é nada? Pois certamente a riqueza fará para si asas, como a águia que voa pelos céus.” Provérbios 23.4-6.

“Aquele que tem olhos invejosos corre atrás das riquezas, mas não sabe que há de vir sobre ele penúria.”. Provérbios 28.22.

Ao insensato não convém a vida regalada.”. Provérbios 19.10.

“O homem fiel será cumulado de bênçãos, mas o que se apressa a enriquecer não passará sem castigo.” Provérbios 28.20.

Ter dinheiro e ser rico não é um problema desde que este fruto, na vida do crente, seja Deus.

“Quanto ao homem a quem Deus conferiu riquezas e bens, e lhe deu poder para deles comer, e receber a sua porção, e gozar do seu trabalho: isto é dom de Deus”. Eclesiastes 5.19.

Toda a questão esta na maneira em que as coisas são feitas, ou seja, deveríamos fazer do modo como Deus estabeleceu para os seus filhos. Portanto, não devemos colocar nas riquezas o nosso coração:

“Se as vossas riquezas prosperam, não ponhais nelas o coração.”. Salmos 62.10.

Por isso tem muito crente pedindo, pedindo e não esta recebendo. Porque em vez de pedir alimento para o espírito, esta pedindo e às vezes, até exigindo pelo cumprimento das promessas de abundância na vida deles. Para que? Para esbanjar nos prazeres da vida.

“Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para esbanjardes em vossos prazeres.” Tiago 4.3.

“Os castigos da desobediência” são muitos, e não há quem fique de pé respirando aliviado levando sobre si tamanho castigo. Veja Deuteronômio 28.15-68. Não vale a pena deixar de ser prospero, devemos confiar no Senhor e assim prosperaremos. “Mas o que confia no Senhor prosperará.”. Provérbios 28.25.

Ao insensato não convém a vida regalada.”. Provérbios 19.10.

Pr Emerich Wanderley

.

A “doce” tarefa de esperar – Pastor Sérgio Fernandes

Nascido no dia 17 de novembro de 1980, serve ao Senhor na Igreja Evangélica Assembléia de Deus, ministério do Belém, em Campinas, pastoreada pelo Pr. Paulo Roberto Freire da Costa. Nesta igreja, é pastor de uma das congregações do campo, localizada no Jd. Andorinhas. É bacharel em Análise de Sistemas pela UNIP/Campinas e cursa Tecnologia em Recursos Humanos pelo CEUCLAR. Você pode conhecer seu ministério de pregação da Palavra pelo website http://www.sergiofernandes.x-br.com e também pelo blog da congregação que pastoreia, http://www.igrejafeliz.blogspot.com. Para contatos e convites, utilize o email: info@sergiofernandes.x-br.com

Clique aqui para ler outras devocionais do(a) Pastor Sérgio Fernandes

A “doce” tarefa de esperar | Pastor Sérgio Fernandes

Salmos 27:14 – Espera no SENHOR, anima-te, e ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no SENHOR.

Vamos meditar nos diversos pontos deste último verso do salmo 27. Hoje, selecionei o primeiro convite que temos diante de nós: “Esperar”. O salmista afirma: “Espera no Senhor”. Parei um pouquinho para refletir qual o propósito divino em nos fazer aguardar pacientemente suas promessas.

Primeiramente, a espera nos ensina a dádiva da dependência. Você pode rapidamente se inclinar para um estilo de espiritualidade arrogante se alcançar com facilidade tudo o que quiser. O Senhor então te prova com o tempo. A espera te mantém na dependência, reconhecendo com humildade que você precisa da graça divina.

A espera te tornará uma pessoa paciente. A impaciência destrói relacionamentos (quantos namoros você desfez por cobranças impacientes?). Para nos purificar dessa atitude mesquinha, Deus parece demorar em agir em algumas coisas que sabemos que Ele poderia realizar em instantes. Nesse intervalo, vamos sendo modelados e a paciência vai sendo formada em nosso caráter.

Por fim, a espera é um termômetro para Deus nos revelar se de fato dependemos dEle. Quando você murmura por algo que ainda não ocorreu, você está dizendo, de modo espiritual, que Deus não merece sua confiança. Que você o considera incapaz de estar liderando sua vida. É por isso que você anda aguardando tanto. Comece a descobrir o prazer de viver uma vida de constante confiança em Deus, livre de preocupações com coisas que você sabe que podem ficar em segundo plano. Só daí você descobrirá a verdadeira liberdade, a graça de viver sob o cuidado do Pai Celestial.

O Pai te diz: “Espera! Seja dependente! Seja paciente! Confia em mim! Sou tudo o que você precisa, e o mais a meu tempo acrescentarei!”

Esperar é o segredo!

Deus te abençoe!

Palavra Que Transforma

A benção de jejuar… | Pastor Sérgio Fernandes

Mateus 6:16 – E, quando jejuardes, não vos mostreis contristados como os hipócritas; porque desfiguram os seus rostos, para que aos homens pareça que jejuam. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão.
O jejum é uma importante disciplina espiritual que, nestes últimos dias, tem sido bastante esquecida. Uma vez que nosso adversário sabe das bênçãos por trás do jejum, é natural que ele use falsos mestres para desestimular os crentes de jejuar. Você sabe o que é o jejum?

Ele é uma abstinência de alimento sólido, por um determinado período de tempo, com fins de disciplinarmos a carne e nos concentrarmos unicamente em Deus. Pode ser feito com ou sem água (muito embora, o jejum bíblico é simplesmente abster-se de alimento sólido). Durante o jejum, nossa capacidade de concentração se aperfeiçoa e nossa percepção espiritual se torna mais aguçada. É bíblico também não permitir que as pessoas saibam que estamos jejuando, para que nossa recompensa não seja o aplauso de um crente, mas sim, a benção da Sua presença!

Jejum não é barganhar com Deus. “Estou orando e jejuando para Deus me abrir uma porta de emprego”. É válido, mas o jejum aqui não tem resultado sobre a graça que será alcançada, mas sobre a sua vida de comunhão com Deus. O jejum diz mais respeito a nossa vida diante de Deus do que sobre qualquer coisa que Ele possa nos dar!

Reserve dias da semana para jejuar e se concentrar em Deus. Nessas ocasiões, nós descobrimos a vontade divina e nos concentramos em orar de forma correta. Deus quer lhe dar essa experiência, para você discernir o propósito dEle pra sua vida!

Deus te abençoe!